top of page
  • Felipe Ruzene

Consumo de Carne na Grécia Antiga [Artigo]

Artigo Científico intitulado: "O mito de Prometeu, os ritos sacrificiais e o consumo de carne na Antiguidade grega", publicado pela Revista de História Temporalidades do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).



Os textos antigos, produzidos pela cultura greco-romana, refletem vastas considerações acerca do valor da alimentação para o ser humano. Dentre os muitos alimentos abordados, os gregos reservaram especial atenção ao consumo de carne e à ritualística sagrada que envolvia o abate e cozimento de animais.


Neste artigo apresentamos as fontes que relacionam os ritos sacrificais e o mito de Prometeu à dieta carnívora, bem como as perspectivas historiográficas acerca do consumo de carne na Antiga Hélade. Refletimos, também, quanto às possibilidades de uma exclusividade da carne dentro da esfera litúrgica ou da existência de uma carne “secular”, desassociada das práticas religiosas. Ainda, recorremos a diversas evidências e fontes bibliográficas para compreender como as carnes tinham lugar à mesa dos gregos.



κρέας /kréas/ : Carne



Palavras-Chave: Grécia Antiga; História da Alimentação; Sacrifício.



Link para o Artigo:



Referência:

RUZENE, Felipe. O mito de Prometeu, os ritos sacrificiais e o consumo de carne na Antiguidade grega. Temporalidades: Revista de História, ed. 37, v. 14, n. 1, jan-ago, 2022.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page