• Felipe Ruzene

Decanter, quando e por que usar?

Atualizado: Ago 21

O Decantador, ou simplesmente Decanter, é um recipiente de fundo largo e abertura estreita que serve para separar alguns sedimentos dos vinhos mais antigos ou auxiliar no processo de oxigenação da bebida.



O decanter aumenta a área de contato entre o vinho e o oxigênio (ambiente externo), acelerando o processo de oxigenação. A oxigenação, por sua vez, auxilia a evidenciar os aromas e arredondar os taninos da bebida. Os vinhos que possuem alto potencial de guarda podem evoluir quando passados ao decanter, acelerando a maciez de seus perfumes e sabores. Ainda, auxilia na separação de pequenos resíduos que podem se formar com o passar dos anos. Os vinhos brancos, tintos mais suaves ou com menor potencial de guarda, pensados para um consumo com menor espera, podem não ser tão beneficiados com a utilização do decanter.


Muitos sommeliers dizem que o decanter serve para acelerar o processo de degustação do vinho e, por isso, deve ser evitado, usando-o apenas quando realmente necessário. O ideal, segundo estes especialistas, é ter tempo para que o vinho passe pelos processos primordiais de maneira natural, sem auxílio de ferramentas. Afinal, a oxigenação da bebida ocorre dentro de tua taça também. Existem, também, os aeradores que aceleram ainda mais este processo.

Um exemplo de vinho que seria coerente utilizar o decanter é o Le Petit Mouton – França (2010), um blend de Cabernet Franc, Cabernet Sauvignon e Merlot. Esta bebida possui cerca de 10 anos, ainda em sua meia-idade, uma vez que seu potencial de guarda é de 22 anos. O uso do decanter para este vinho pode trazer à tona perfumes e sabores ainda escondidos por sua jovialidade.



Caso tenhas mais dúvidas sobre esta ou outras ferramentas para vinho envie para a gente!

47 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo